Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2010-08-22

Angra, Órgão de Tubos

Angra nasceu pró mar,
Como um órgão de tubos para uma catedral.

Das torres das suas igrejas
Jorram registros verticais de harmónicos sinos,
Nos fins das tardes,
Mas é na tubaria horizontal,
Que se revela a sublime capacidade de edificar.

Da lingueta de um monte de falso pau brasil,
Um pouco antes do amanhecer,
Soam clarins, para sinalizar,
Que por Si,
E só,
A cidade guardou o nome de Portugal.

Afinam-se as ruas, as marchas, as danças e as gentes,
Chegadas de Aquém e Além-Mar,
Para que o timbre da cidade, simples baía,
Seja o do heroísmo demonstrado no mar,
A bordo de uma nau acabada em bagacina.

Duas oitavas acima do mais longo dó,
Miram-na dois olhos pretos cheios de saudades,
Guardadas nas memórias de África, Ásia e Oceânia,
Pressagiando roças no novo mundo.

Há no ar,
Música com cheiro a amor,
Nesta cidade que pretendeu alcançar o céu,
Pela parte mais baixa do fole de um anticiclone.

Angra tem jogos de solos,
Como címbalos, nasardos e clarins.
Angra é um Órgão de tubos,
De arquitectura e vivência Ibérica.

Félix Rodrigues
Angra do Heroísmo, 22 de Agosto de 2010.

2 Comments:

At 12:24, Blogger Rodrigo Silva said...

Boas,

Obrigado por ter aceite o convite e desejo-lhe as maiores sortes.

Cumprimentos,

Rodrigo Silva

 
At 20:49, Anonymous Anónimo said...

Lindo.

 

Enviar um comentário

<< Home