Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2009-06-12

O paradoxo da água e do diamante

A que me assiste o diamante para aqui morar?

Sou água acastanhada,
Cujo brilho se perdeu
Na clausura membranosa das células.

A água não vale nada,
Mas subordina o meu viver.

O brilho resplandecente do sol
Nas águas límpidas de uma lagoa,
Igualam a pujança do diamante:
Prefiro um punhado de diamantes,
A um jarro dessa água pura.

O verdadeiro valor do diamante,
Saído das entranhas da terra,
É dado pelos copos de água,
Que edificam o meu ser.

Vive-se hipnotizado no brilho do carbono fossilizado,
Outrora vida,
Agora morte,
Num mundo que decursa,
Ao ritmo do uso da água,
Mas valoriza o diamante.
Félix Rodrigues
Praia da Vitória, 5 de Junho de 2009.

8 Comments:

At 18:13, Blogger Su said...

infelizmente a valorização do ter





gostei
jocas maradas

 
At 16:03, Anonymous Anónimo said...

Lindo.
Joe

 
At 18:06, Blogger Su said...

http://www.youtube.com/watch?v=tCVqx2b-c7U


vale a pena ver:)
jocas maradas

 
At 19:40, Blogger Carmem L Vilanova said...

Querido amigo...
Passando para deixar muitos beijos, flores e sorrisos!

 
At 21:54, Blogger Barbara said...

Diamante não mata sede.
Sede de nenhum tipo.

 
At 23:00, Anonymous Ofeliazinha said...

Se a água não fosse tão importante, a natureza não teria decidido que nós e a terra seríamos compostos essencialmente da mesma.

Espero-o no meu novo espaço.
Abraço.

 
At 17:31, Blogger Serenidade said...

Os Açores são fabulosos, pela energia que transmitem, mesmo que apenas pelas fotografias fantásticas da praia da Vitória (nunca visitei os Açores) Sente-se força e magia nas suas palavras...

Serenos sorrisos

 
At 01:20, Anonymous Anónimo said...

A economia tem desses paradoxos.

 

Enviar um comentário

<< Home