Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2009-05-15

Ofereço-te uma galáxia

Como poderei levar-te a tocar as estrelas,
Dizendo-te uma palavra?
Se te as apontar com o dedo,
Não perceberás que são para ti.

Dou-te-as porque não há nada,
Mais precioso e duradouro
Que as gigantes do céu,
Que cabem na tua mão,
Pela imensidão do teu coração.

Como podes ficar com uma estrela,
Se não sentires essa palavra?
Se a perdes, perder-me-ei,
Se a seguras, amparar-me-ei.

Eu sei que toco as estrelas,
Pelo poder de uma só palavra tua:
Amor.
Talvez a minha,
Essa mesma palavra,
Não tenha a mesma força do que a tua,
Porque depende sempre, de uma reacção,
Da tua boca,
Do teu coração.

Félix Rodrigues
Angra do Heroísmo, 9 de Maio de 2009.

13 Comments:

At 20:12, Blogger susana said...

quem me dera que alguém me oferecesse umas palavras assim:) não era preciso uma galáxia.. lindo!Mesmo..
um abraço
su

 
At 20:33, Blogger O Profeta said...

Fabuloso caro amigo, digno das estrelas...


Aquele abraço

 
At 20:40, Blogger Trequita said...

Lindas palavras

 
At 15:13, Blogger Berro d'Água said...

Sem dúvida és o Físico mais poético que conheci. Somente tu és capaz de escrever tecnicamente com ares de um poeta e romancista que a todos encanta. Sempre que leio o teu belíssimo texto "Se Chove",me emociono como se fosse a primeira veza lê-lo. Tudo ali é tão lindo e tão emotivo, que certamente foges por completo à regra!!! E que bom quando isso acontece, querido amigo do coração!!!

Também já te respondi!!!

Beijinhos a ti e aos teus e um belo domingo!!!

Cris

 
At 18:19, Blogger TF said...

Este é sublime! Quem não gostaria de receber e tocar uma estrela?!
Bom domingo!

 
At 18:32, Blogger Su said...

aiaiai e eu quero uma galáxia:))))))

td bem. merci. fui à kapital do imperio ...na outra estou sempre:)

jocas maradas

 
At 07:18, Blogger Isabel José António said...

Querido Amigo Félix

Lindíssimo poema de amor do Universo por nós e de nós pelo Universo. Como adjectivar um poema assim? Fabuloso? Fantástico? "Fantabolástico"?

Se todos nós somos constituídos por milhares de fragmentos de pós de estrelas, como não nos sentirmos em sintonia com todos esses biliões de outros pós de estrelas que existem no Universo?

Que a inspiração e o amor estejam sempre presentes em tua vida. Assim saibas cultivá-los...

Um grande abraço

José António

 
At 12:34, Blogger Carmem L Vilanova said...

Felix, amigo!
Estive ausente por alguns meses, mas agora estou de volta para ficar, com um blog renovado e cheio de novidades.
Espero poder seguir contando com sua amizade de sempre!
Beijos, flores e meus eternos sorrisos!

 
At 23:47, Blogger Barbara said...

Ora...ora...és privilegiado.
Estrelas contigo.

 
At 08:16, Anonymous Anónimo said...

lindo..
Joe

 
At 20:12, Blogger Su said...

passa no xanax, há um mimo para ti

jocas maradas

 
At 21:35, Blogger geocrusoe said...

estou a ficar muito discreto, por isso já nem divulgo a quem dou prémios, apenas notifico os destinatários e no meu blog tens lá um selo que diz o que penso do desambientado.

 
At 16:04, Blogger Nilson Barcelli said...

Palavras e fotos bem conjugadas e com grande qualidade, como sempre...
Caro amigo, um óptimo resto de semana.
Abraço.

 

Enviar um comentário

<< Home