Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2008-08-23

Onda de Calor

O Sol roubou-me um pingo de suor.
O suor levou-me um naco de calor.
O calor tirou uma batida ao meu coração.

Não sou planta nem musgo,
Tampouco lagoa que se seque,
Mas este Sol que me aquece,
Enfraquece,
A química que no corpo acontece.

O Sol pintou-me o torso de negro,
A partir da melanina,
Com recurso à pepsina,
Numa onda de calor, repentina.

Não sou vento nem palmeira,
Tampouco de uvas, parreira,
Para que o Sol, sempre que queira,
Tenha a minha sombra prisioneira.

Faz calor! Aspiro à chuva.
Se chovesse, queria Sol.

O indecoroso da meteorologia,
É dizer que o que se previa,
Provavelmente acontece,
E não se compadece,
Com aquilo que eu queria.

Félix Rodrigues
Angra do Heroísmo, 23 de Agosto de 2008

6 Comments:

At 20:59, Anonymous Anónimo said...

aqui até está fresquinho..
Joe

 
At 16:10, Blogger arteimitavida said...

Tô tentando decidir o que é mais bonito as paisagens ou a poesia?
Dane-se levo tudo gostei dos dois!

bjoks

 
At 22:35, Blogger Oliver Pickwick said...

Depois de quase dois meses ausente da blogosfera é bom "vê-lo" de novo, caro Félix. Os seus versos/apelos continuam precisos e cada vez mais proféticos/científicos. Por enquanto, ainda em estado de alerta amarelo.
Um abraço!

 
At 09:33, Anonymous Anónimo said...

Muito bonito

 
At 14:44, Blogger Carmem L Vilanova said...

Que belas fotos!
Beijos!

 
At 01:01, Blogger Berro d'Água said...

Olá Félix!!!

Vim te agradecer por teres te lembrado de mim com o selinho...

Te enviei mensagens.

Se está calor, aproveite para curtir a água do teu mar azul profundo...

Beijos,
Cris

 

Enviar um comentário

<< Home