Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2008-07-05

De um calhau, salto p'ro mundo

Sou cidadão do Mundo,
Culturalmente Europeu,
Sociologicamente português.
Só sei, quem afinal sou eu,
Quando às duas por três,
O calhau que me acolheu
Me considera vagabundo.

Atarraco-me como uma lapa,
Na busca de identidade:
Crio círculos e diferenças,
Porque eu com as minhas crenças
Procuro concentricidade,
Aqui, de onde nada escapa.

Nessa concha, a minha casa,
Como bicho me aconchego
E a todo o lado chego,
Confortável, mas talvez cego,
Sinto que o Mundo me abraça.

Sou cidadão do Mundo,
Desta Aldeia Global,
Qualquer sentimento profundo
Sinto-o aqui no Local.

Como uma lapa me agarro,
Num calhau à beira-mar,
Construindo o meu lar.

Quando preso, vejo a liberdade,
Encontro a identidade.

De um calhau, salto p’ro Mundo.

Félix Rodrigues

(Ribeira Grande, 2 de Julho, 2008)

7 Comments:

At 13:28, Anonymous Anónimo said...

Hi!

 
At 19:38, Blogger Su said...

---como uma lapa-----------

gostei de ler
jocas maradas

 
At 12:02, Blogger oceanus said...

"...atarraco-me como uma lapa..."

...de palavras sempre com tanto significado... preenchem o imaginário de ser uma "lapa" nesta "rocha" ou "calhau"... para aqui atirado.

É sempre um prazer deliciar-me com as tuas palavras e imagens.

bjs do fundo do OCeanus

 
At 23:36, Anonymous deep said...

Antes de tudo, cidadãos do mundo e talvez seja nele que encontramos a verdadeira identidade. :)

Bom resto de semana.

 
At 19:21, Blogger Bruxinhachellot said...

Um salto como esse deve ser bem analisado, pois o mundo pode preparar armadilhas.

Bjs de lua.

 
At 21:00, Anonymous Anónimo said...

Excelente.

Joe

 
At 15:06, Blogger Cláudia Tavares said...

Sem dúvida, excelsas palavras e nobres sentimentos!
Adorei!
Cláudia Tavares

 

Enviar um comentário

<< Home