Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2008-05-30

Dedução



Cada pingo de sangue
Conhece o seu trajecto
No corpo que o suporta,
Como numa pista de rali.
Acelera e trava,
Com os sobressaltos do coração.

Para o descrever,
Recorre-se às equações de Navier-Stokes,
Porque outras mais fechadas,
Estarão decerto erradas.

Quanto erro tem essa descrição?
Quanta dúvida existe,
Sobre a vida que aí persiste?
Quantos saltos, quânticos ou não,
Tem essa simples configuração?
No regresso há um recomeço.
Como se a singularidade,
De um pingo de sangue,
Fosse explicada:
Pela simetria do espaço que percorre
E do tempo que nos faculta,
Qual cosmologia de Moncrief.

Um pingo de sangue conhece o seu trajecto
Nas cartas da física,
Mas estranha por completo,
Os requisitos da sua função.
Seja ela F(v), onde v,
É a variável independente da vida.


Félix Rodrigues

7 Comments:

At 12:59, Blogger Adilson J A de Oliveira said...

Excelente!!!!
Muito boa a ligação entre esses dois extremos.
Parabéns
Adilson

 
At 22:41, Blogger Su said...

gostei da comparação....como numa pista.....

gostei de ler.t


a dedução não é certa:)

jocas maradas....sem silogismos:)

 
At 19:13, Blogger Zeca said...

Sarava amigo Félix

Como vão essas forças?
Sempre a inovar e eu a perder, mas não esperes pela demora, já te roubei a ligação, he he he

Um forte abraço

Zeca

 
At 10:54, Blogger as-nunes said...

Quanta matemática cósmica haverá num pingo de sangue?
Alguém saberá responder? Talvez! Talvez um "Engenheiro" esotericamente cósmico!...
Gostei de ler e tentar perceber esta combinação da matemática com a divagação poética sobre a vida centralizada num pingo de sangue!???!!!
Um abraço
António

 
At 15:30, Anonymous Anónimo said...

Fantástico.

Há um erro na segunda expressão. O que representa ? O que é aquele x? Será Pi ou não é nada?

 
At 17:05, Blogger Desambientado said...

Agradece-se o comentário, mas a passagem desse texto para imagem, desconfigura os símbolos utilizados.
A expressão que se refere traduz o princípio da incerteza de Eisenberg tal como ele o formulou ou com a formulação de Schrodinger.
O ponto de ? Po r lapso aparece um Pi, na primeira expressão.

 
At 11:15, Blogger Hanah said...

Amigo,

passei por aqui para deixar-lhe um Bom dia Todos os Dias...

bjos

 

Enviar um comentário

<< Home