Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2008-02-01

Contudo a Terra move-se

Julgá-la parada,
É julgá-la indefesa,
Quando é predadora,
Por natureza.

Rebola-se no vácuo,
Sem sofreguidão.
Tem tiques nervosos,
Súbitos, repentinos,
De dor desejosos,
De desejos uterinos.

Contudo a Terra move-se,
Ainda que a Igreja se atrase.
Contudo a Terra move-se,
Mesmo que o povo não se surpreenda.
Contudo a Terra move-se,
Mesmo que eu não a entenda.
Félix Rodrigues

Vivemos num planeta vulnerável e reactivo.
A Terra reage aos efeitos exteriores, do Sol, da Lua e do Cosmos, mas também, às suas próprias dores de estômago e aos “parasitas” que lhe infestam a pele.
Parasitas são organismos que vivem em associação com outros, dos quais retiram os meios de sobrevivência.
Na Terra, somos “parasitas obrigatórios”, pois sabemos que só viveremos se tivermos hospedeiro, se bem que o nosso sonho é ser “parasita facultativo”, que não depende exclusivamente do hospedeiro para sobreviver. Houvera planetas hospedeiros para ocupar e já lá estaríamos instalados, dando azo à nossa aspiração.
Esquecemo-nos que o “hospedeiro obrigatório” pode desenvolver defesas contra o “parasita”. Aí ou evoluímos em conjunto, ou seremos eliminados.
A Terra vive e reage, é essa a sua natureza.
A Terra vive, mesmo que não se acredite.

20 Comments:

At 12:56, Anonymous Anónimo said...

Excelente.

 
At 13:46, Blogger oceanus said...

"E PUR SI MUOVE!"

Gostei muito deste teu post, fantástico. Há quem defenda a Terra como um organismo vivo...e azul.

Ah! Oceanus agradece e retribui o prémio.

bjs do fundo do Oceanus

 
At 13:54, Blogger Divinius said...

RESPIRA A LEVEZA QUE VIVE EM TI...
SOLTA TODA A BELEZA DO TEU OLHAR...
SOLTA TODA A BRANCURA DA TUA TERNURA...
SOlTA NA ÁGUA PURA DO MAR...
Gostei de ler:)

 
At 22:04, Blogger Fátima Silva said...

Adorei o post! Dir-se-ia que o parasitismo "humanóide" ocorre por um corte relacional do homem com o planeta. Os valores materialistas, associados à desmesurada crença no progresso técnico-industrial motivou esse corte, para além de ter provocado uma série crise ambiental com dimensões universais. A solução parece centrar-se no desenvolvimento sustentável... esse desenvolvimento passa por equilibrar os desníveis existentes entre paises ricos e pobres(irradicação da pobreza, maior justiça, saúde para todos, melhor educação, desenvolvimento...). Esta nova ética de sobrevivência pode constituir a esperança para o futuro do planeta e da humanidade. De qualquer modo, a Terra continuará o seu curso pelo universo, a espécie humana é q ninguém sabe se a acompanhará por muito tempo.
Bom Carnaval!

 
At 02:12, Blogger Oliver Pickwick said...

"A toda ação corresponde uma reação, com a mesma intensidade, mesma direção e sentidos contrários". Também pode se escrever "O Império contra-ataca"; V de Vingança"...
Um belo triunvirato, prezado Félix: poesia+texto+fotos.
Abraços e bom carnaval!

 
At 02:30, Blogger Oliver Pickwick said...

A opção de comentar o post anterior está desabilitada, portanto agradeço aqui pela indicação deste selo. Na verdade, um reflexo da generosidade do seu coração prezado amigo.
Abraços!

 
At 09:07, Blogger Su said...

ela move.se........pois é.....

gostei de ler.te...ainda que tudo se atrase:))

jocas maradas,,,,,,,
,,,,,aqui, duma parasita:)

 
At 10:09, Blogger Hanah said...

Agradeço e Retribuo também o prêmio ...

Boa semana para ti...

Hanah

 
At 00:07, Blogger Paulo Pereira said...

Gosteio muito, especialmente da analogia do parasitismo obrigatório e facultativo.

 
At 13:30, Blogger São said...

É neste sentido que coloca no seu interessante texto que eu afirmo que a Terra está tendo alterações climatéricas como as teve ao longo da sua existência e que nós s´o podemos dar apoio moral, pouco mais.
Concedo que a actividade humana acelere/agrave a situação, mas nada mais.
A Natureza é infinitamente mais poderosa e resistente do que os parasitas que nós somos.
Bom Carnaval!

 
At 13:57, Blogger Su said...

voltei...para ter a certeza que ela move.se

estive atenta ao video. gaia

jocas maradas ...de tempo

 
At 19:19, Blogger Berta Helena said...

Félix,

Sinto-me fascinada com o que aqui encontro sempre que te visito. E tenho vindo poucas vezes, com pena, mas o tempo às vezes faz-se muito curta. Mas sigo contente com o que li e aprendi.

Um abraço.

 
At 20:00, Anonymous Anónimo said...

Lindo!

 
At 20:07, Anonymous Anónimo said...

Belissimas imagens
Saudações amigas
C valente

 
At 13:50, Blogger Berro d'Água said...

E como somos suficientemente pretenciosos e nos consideramos sempre o máximo e muito acima de todas as demais espécies, está escrito desde todo o sempre que seremos eliminados!!!
Gosto muito da vida e de viver, mas francamente não considero que os seres humanos mereçam a tolerância infinita que a boa mãe terra lhe concede gratuitamente.
Poderíamos mudar, mas duvido muito que isso ocorra espontaneamente. Isso é mais ou menos como o hábito de fumar. Fa zmla, é nocivo, é feio e prejudica demais a saúde de quem fuma e de quem vive ao redor do fumante, mas esse só deixará o vício, na maioria dos casos, quando algum risco grave lhe bater à porta... Aí a parada obrigatória faz-se quase que sem grandes lamúrias. O mesmo para o homem em seu meio. Destrói e devasta tudo que pode, pois ao que parece, a terra se consegue se recompor... Até que um dia ela já não poderá mais!!! E será a morte e chorar já não haverá mais tempo!!!

Tudo de bom!!!
Beijo,
Cris

 
At 09:16, OpenID Miguel Bettencourt said...

Já reparou esta manhã na maravilhosa vista para São Jorge e Pico? Vê-se o pico do Pico na perfeição e parcialmente coberto de neve! Que maravilha...

 
At 10:49, Blogger Nilson Barcelli said...

A Terra continuará para além da vida...
A nossa acção está fazer com que isso aconteça mais cedo que o previsto.
Mas podemos mudar o rumo dos acontecimentos, ainda que não seja nada fácil.

PS: li há tempos, que o aquecimento global poderá ser muito menos acentuado do que se prevê, já que a poluição atmosférica, dificultando a entrada da radiação solar, provoca um abaixamento da temperatura. E que se de repente essa poluição baixasse drasticamente, a temperatura subiria rapidamente.
Isto, parecendo lógico, terá fundamento?

Abraço.

 
At 14:23, Blogger Rute said...

Sim... a Terra move-se embora nem sempre nos lembremos disso...
Só de vez em quando apareço aqui para ler o que escreve... e gosto sempre. Pergunto-me: "porque não apareço mais vezes?"... e a resposta invariavelmente parece ser: "voltas da vida"...
Contudo a terra move-se...

 
At 23:33, Blogger Carmem L Vilanova said...

Belo texto, verdadeiro!
Gostei, gostei muito!
Beijos, flores e muitos sorrisos para ti!

 
At 23:55, Anonymous Anónimo said...

Otimo texto.

 

Enviar um comentário

<< Home