Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2006-12-30

O meu chapéu cinzento

Recebi como prenda de Natal o "Meu chapéu cinzento" de Olivier Rolin, com o subtítulo "Pequenas geografias". Uma oferta singular, de alguém desconhecido, trazida em mão por uma simpática cara, talvez um anjo, esse sim, conhecido. Foi uma surpresa muito agradável engendrada pela Tânia que conheci na rápida escrita, na efemeridade de um clic ou na repentina ligação de uma arroba (@).
A Tânia levou-me mentalmente até outro recente encontro, que primeiramente virtual se materializou em pessoa definida, com rosto delineado e alma singular. Levou-me a recordar uma conversa recente com a Cristina Oliveira no aeroporto de Ponta Delgada, em dia de mau tempo. Espantados com a forma como nos tinhamos cruzado, dizia-lhe que "todos os caminhos se cruzam e que por vezes não parávamos nesse cruzamento". A Cristina registou-o, por isso me lembro desse pensamento efémero, mais pelo gesto dela do que pelo conteúdo da frase.
Que surpresas agradáveis tem a blogosfera!
Que surpresa agradável foi ler "O meu chapéu cinzento", não só por ter um capítulo dedicado ao Arquipélago Açoriano, mas pela referência a locais por onde já passei e dos quais tenho quase as mesmas referências e as mesmas impressões. A visita a esses locais resultou do acaso e por acaso também, recebo da Tânia a sua pequena geografia: Coincidências ou telepatia!?
O estilo de Rolin é muito agradável, faz por exemplo um retrato quase intemporal das ilhas e gentes açorianas. As descrições de São Miguel, Pico, Faial e Flores, tanto se enquadram no século XIX como no século XX ou século XXI. É o I romano, o relógio do tempo e onde os XX parecem não ter qualquer significado. É o I romano que afirma que o presente das ilhas não existe se esquecermos o seu passado, a história, a memória das suas gentes e as saúdades que têm da sua mocidade. Nas ilhas "as estradas de pavimentos negros trepam pelo flanco de velhos vulcões, perdem-se por instantes na névoa cinzenta, sobranceiras às crateras afogadas em água turquesa ou de um esmeralda perfeito, descem em direcção às manchas de oceano onde desliza a sombra leitosa das nuvens".

"O meu chapéu cinzento" faz os Açorianos prisioneiros do Anticiclone e arranca-nos para uma viagem de poesia geográfica natural e humana.

A Tânia e Olivier Rolin, chamaram-me à atenção, pelo gesto delicado e desconcertante da primeira e pela visão singular dos locais do segundo, para a necessidade de pararmos mais vezes nos cruzamentos das nossas vidas, mesmo que virtuais.


Félix Rodrigues
.
Qual foi a prenda que te supreendeu na última quadra festiva?

25 Comments:

At 13:53, Blogger Caiê said...

Olá! E... minhauuu! Feliz 2007!

A prenda que me surpreendeu este ano foi (mais uma vez...) um desenho que fez de mim uma pessoa querida. É uma prenda habitual mas que sempre me surpreende e encanta. Até porque não tenho muita consciência de como sou fisicamente - acho os espelhos enganadores... Estes desenhos são sempre um "oh" de espanto! "Sou mesmo assim?"
:)
Ressalve-se que a perspectiva do artista pode não ser a de todos... Os olhos de cada um são fazem-nos diferentes! Este artista não é nem elogioso nem cruel, portanto fico sempre mais esclarecida! ;)

 
At 14:26, Blogger aprendiz de viajante said...

A melhor prenda que recebi este Natal foi o carinho e a amizade dos meus amigos. Surpreendeu-me a quantidade de pessoas que passaram no meu blog para me desejar um feliz Natal e um bom ano... a blogosfera é realmente um mundo maravilhoso, onde se fazem amizades desinteressadas, pois ninguém espera nada de ninguém, a não ser uma palavra amiga, um gesto de simpatia.

Um abraço amigo e que tu, e as pessoas que te são mais queridas, tenhas um bom ano, repleto de alegria, saúde e muita paz!

 
At 23:50, Anonymous Fátima said...

Um novo ano surge em nossa frente.
Vamos encará-lo com ânimo e esperança, fé e alegria.
Vamos festejar, pois a própria vida é uma festa, uma emoção.
Que o amor a Deus, à vida e ao próximo estejam sempre presentes com você neste novo ano.
Que o espírito da conquista esteja em seu coração. Que o passado traga a experiência necessária para realizar os planos para o futuro que se aproxima. QUE 2007 SEJA REPLETO DE LUZ, AMOR E PAZ.
"FELIZ ANO NOVO!"
Bjs

 
At 01:40, Anonymous Ofeliazinha said...

Nunca é tarde para desejar um Feliz Ano Novo. Que este seja cheio de sucessos e de saúde, para si e para a sua famlia.
Todas as prendas me surpreendem, pois recebo a todas com a mesma alegria e com a certeza de que quem as dá me estima e por pouco que seja é dado com carinho.
Abraço.

 
At 11:51, Blogger melena said...

foram todos os almoços e jantares em que vi amigos que já não via há algum tempo.

um 2007 cheio de encontros enriquecedores

 
At 15:15, Anonymous Anónimo said...

A melhor prenda? não sei....nada de novo!!!
Depois do "click mágico" nada de novo debaixo do céu....
Um excelente 2007 para si e continue com estes posts tão fecundos de sensibilidade!!!!

Ana Isabel Godinho

 
At 15:23, Anonymous Anónimo said...

Não existem coincidências Félix dizem;eu acredito!
Cada vez mais a curiosidade aperta e a vontade de conhecer os Açores aumenta.Todos sabemos que os Açores não são só o anticiclone,e aqui deixas a prova disso.
A minha prenda foi ter passado para o 2007 vivinho da silva, é preciso mais!?
Abraço

 
At 21:17, Blogger Tânia said...

Sinto-me lisonjeada com este post! Não tinha noção que tal gesto gerasse este efeito. Ou talvez inconscientemente era mesmo isto que desejava.
A minha melhor prenda deste final de ano foi mesmo um conjunto de acontecimentos que me foram/vão indicando o caminho que pretendo seguir. Um caminho de sincronicidades, de partilha sentida. As Trocas e Baldrocas são uma tentativa prática disso mesmo. As pessoas a quem me ligo (o exemplo da bela alma que lhe levou o livro) são aquelas com quem prentendo crescer.
Obrigada por ter gostado tanto

 
At 08:09, Blogger Jorge Moreira said...

Uma Bela prenda sim sr!
Para ti e para todos nós nesta tua partilha.
Obrigado!
Um excelente Ano!

 
At 09:54, Blogger Isabel José António said...

Caro Amigo Félix,

As prendas que me surpreendem já são outras prendas que não as "prendas" do costume.

Surpreende-me o brilho dum olhar, um sorriso cristalino e um discernimento apurado, já que essas são, hoje em dia, prendas tão raras....

Queria desejar-te um ano de 2007 pleno de realizações pessoais (ou outras à tua escolha) e muita saúde.

Já conseguimos postar alguma coisa, embora ainda não consigamos fazer, por exemplo, espaços entre as diversas linhas. Coisas que, esperamos, ver rectificadas muito brevemente.

Um grande abraço.

José António

 
At 11:40, Blogger Micas said...

Parece realmente um livro interessante.

A prenda que mais me surpreendeu, que me tocou fundo na alma e que mais gostei de receber este natal, foi uma fotografia dos meus tios, que amo como meus proprios pais e que já partiram, os dois quase ao mesmo tempo há pouco mais de 4 anos. Sei que, apesar da saudade imensa que sinto deles, estejam eles onde estiverem, estarão sempre ao meu lado.

Aproveito para desejar um fantástico 2007 a si e todos os seus.
Beijinhos

 
At 23:10, Anonymous Anónimo said...

Que 2007 seja muito melhor que o anterior. Receber um quadro com uma foto sobre artesanato de Moçambique surpreendeu-me imenso. Regressei lá sem querer, aos cheiros, àquele arrastar do tempo sem pressa, ao falar baixinho das pessoas, a tanta coisa que apreciei durante 2 semanas que lá passei há 3 anos...
Octávio Lima (ondas3.blogs.sapo.pt)

 
At 01:48, Anonymous Anónimo said...

Gosto desse chapéu.

O que me surpreendeu? O teu chapéu, quando abri o teu blog!!! (LOL)

Falando sério, nada me surpreendeu. Para mim, são dias como os outros, natal é sempre que eu quiser, o dia 31 é igual aos outros meses que têm 31 dias....

 
At 10:11, Blogger deep said...

Um livro de crónicas de um autor espanhol, no original.

Também já tive oportunidade de ler o livro a que te referes e gostei.

Os livros são sempre boas prendas.

Desejo-te um bom ano de 2007.

 
At 11:04, Blogger Saramar said...

Neste ano que terminou, meus amigos foram a maior e mais bonita surpresa que recebi, constante, como riacho doce. Você entre eles.

beijos e feliz ano novinho!

 
At 16:47, Blogger Isabel said...

O Natal tem pouco que me surpreenda.
O melhor presente este ano foi um quadro que o meu amor pintou para mim.
Representa um girasol e deu-mo por saber que adoro um poema de Alberto Pimenta com o mesmo nome "Girasol".
Um poema erótico e de grande beleza.
Gosto de olhar para o quadro e pensar no meu amor e nos seus pensamentos enquanto pintava para mim.

Gostei muito do teu texto como sempre.

Gostei de voltar desta minha ausência e encontrar os que gosto de ler escrevendo cada vez melhor.

Gostei de voltar a escrever e deitar para fora um pouco do que sou.

Até breve.

Isabel

 
At 17:12, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Meu queridíssimo amigo!!!

Gosto dos cruzamentos, tanto quanto gosto das estradas secundárias, que nos obrigam a andarmos mais atentos aos pormenores... Eu paro sempre nos cruzamentos. Paro e olho... Me entrego ao tempo e procuro sentir atentamente o vento, o rufar das folhas em movimentos... E é sempre quando nos permitimos olhar com mais vagar para as novas possibilidades, que esses cruzamentos nos apontam de forma transparente, novas possibilidades, novos caminhos, com acontecimentos e momentos que nos servirão de referência e nos trarão ótimas lembranças pela vida e tu és o exemplo disso, querido Félix!!! Fiquei muito feliz de ler a descrição de nossa conversa no aeroporto. Enquanto o mau tempo não te permitia embarcar... Sem a menor dúvida Félix, que és uma das minhas melhores lembranças e um dos meus melhores acontecimentos. Ter podido estar nos Açores, contigo e num trabalho conjunto e de tamanha harmonia, na companhia de pessoas extremamente queridas que me duivertiram e me fizeram imensamente feliz, foi sem dúvida um encerramente de ouro para meu 2006. Pois que 2007 não seja menor e que possamos daqui para frente, fortalecermos o que de melhor temos em comum e que possamos partilhar das boas idéias, dos bons resultados e dos bons momentos.

Obrigada por me citar em teu post e que teu “Chapéu Cinzento” te abrigue e te proteja sempre.

Beijinhos,
Cris

 
At 19:41, Blogger Isabel José António said...

Querido Amigo,

O seu post está magnífico como de costume!

Que bom estarmos de volta a este Universo tão fraterno e interessante!

Gostei muito de o ver surgir na nossa habitual casa, mas gostaria também que fosse visitar, se quisesse, a nossa "outra casa", "OBSERVATÓRIO":

http://diarioestetico.blogspot.com/

Um beijinho,

Isabel

 
At 20:53, Blogger fotArte said...

A melhor prenda que eu recebi, foi o carinho das pessoas amigas.

Neste novo ano, continuaremos com a partilha.

Feliz 2007

 
At 11:42, Blogger Maria Costa said...

O Amor Maior.

 
At 19:18, Blogger MiaHari said...

A expressão de imensa alegria de um amigo, ao receber um pequeno presente inesperado!
Uma pequenina coisa pode, por vezes, fazer tanto!
Um abraço.

 
At 23:18, Anonymous caritasouzza said...

Olá! Passando para desejar maravilhoso 2007 e excelente FDS e convidar a conhecer meu mais novo blog. São poesias inéditas. Ofereço tbm o award de mundo em poemas. Desde já agradeço de coração sua amável visita. Bjos doces em seu coração.

 
At 09:19, Blogger maat said...

Bom dia, Amigo.

Venho desejar~te neste dia de Reis os melhores votos de ano novo, no símbolo das prendas dos Reis magos:Ouro, Incenso e Mirra.

O melhor presente nesta Quadra é o que oferecemos, sem dúvida, com o Coração.



Beijinhos,

***maat

 
At 16:02, Blogger Nilson Barcelli said...

Mas que bela prenda-surpresa...
Um bom 2007 para ti.
Abraço.

 
At 19:15, Blogger Vida said...

Muitas foram as surpresas que recebi nesta quadra festiva, como muitas foram as recebidas neste ano e mais uma vez registo aqui que ter-te conhecido, à Cristina e ao Vasco foi das melhores, foi passar do virtual para a realidade e constactar que a nossa empatia virtual tinha razões de ser. Passamos pouco tempo juntos por falta de tempo, mas deu para sentir a amizade e a alegria de estarmos juntos, para este ano espero que voltemos a ter surpresas iguais e que o tempo nos permita que partilhemos mais alguns momentos de conversa.

Félix tudo de bom para ti! Beijos!

 

Enviar um comentário

<< Home