Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2006-08-28

Arlequim e Alecrim


Arlequim, Arlequim,
Companheiro de Triverin
Cor da flor do Alecrim,
Mascarado de gesso e de carmim.
.
Alecrim, Alecrim,
Companheiro do Jasmim,
Cor suave do meu jardim,
Perfumado de amor sem fim.
.
Distituiram o Arlequim de romantismo,
Por isso o povo canta o Alecrim com brilhantismo,
Dizendo que quem pelo Alecrim passou e não o colheu,
Nunca teve amores ou deles se esqueceu.
.

Félix Rodrigues

Que perfume associas automaticamente a uma pessoa?

Nota- Este post é dedicado à Medusa do blog Jardim da Medusa.

21 Comments:

At 18:14, Blogger Paulo J. Ribeiro said...

Grande coincidência... Ainda ontem acabei de ler "O Perfume" e não me atrevo a dizer que perfume associo a uma pessoa. Na senda da leitura que fiz, com o entusiamo que ficou, ocuparia todo este espaço e talvez fosse mesmo melhor criar um blog para discutir o assunto. Apesar de tudo isto, atrevo-me a dizer que o perfume não é mais do que uma capa usada para iludir o próximo... Por isso, associar um perfume a alguém, é como querer ver esse alguém como queriamos e não como é.

Um abraço...

 
At 20:16, Blogger A_Medusa said...

O meu perfume é o das rosas silvestres...
Vejo que "Medusa" está na nota. Será que sou eu? Se for fico muito satisfeita e agradecida.
Gostava que me confirmasse se é mesmo eu ou a outra Medusa. Porque há duas Medusas. Talvez o belo artigo sirva para as duas. :)

 
At 21:43, Blogger azoriana said...

Faço minhas as palavras da Medusa... mas perfume de rosas vermelhas, muitas, muitas...
:)

 
At 22:15, Anonymous ilhas said...

A medusa é bem merecedora desta homenagem. O perfume que lhe posso associar é o da Rosa.

 
At 13:05, Blogger A_Medusa said...

Quem me dera conhecer o perfume do alecrim, que realmente desconheço, se bem que viva numa ilha. :) Vou ficar mais atenta quando for passear pelo campo.
Um abraço e obrigada pelo comentário tão agradável de ler :)
Aproveito para informar que o endereço do blog mudou por gostar de catalogar os meus artigos.

 
At 21:06, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 21:09, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

"Que perfume associas automaticamente a uma pessoa"?

Esse perfume necessariamente precisa estar associado a uma situação... Há pessoas associadas às lembranças dos cheiros que exalam da terra molhada pela chuva de verão, no final de um dia escaldante... Esse cheiro sempre me conduz à luz de final de tarde e banhos de chuva, andando de bicicleta...
As pessoas desses momentos perfumados, sempre me aparecem na memória, com o cheiro que chega e na maioria das vezes, trazidos pela natureza. Há o cheiro da noite de lua cheia, onde as plantas orvalhadas, deixam um aroma característico e que também me faz lembrar pessoas, música, silêncio. Há ainda o cheiro da floresta tropical... Esse cheiro só há lá!!! Nela!!! É cheiro intenso e húmido demais... E por vezes, há plantas tão perfumadas, que lembram as lojas de perfumes dos grandes centros comerciais... É o cheiro do Pau Rosa...

E há tantos e tantos perfumes... Desde os aromas deliciosas dos alimentos, até o das flores; o do mar; o da relva; o dos banhos; o dos lençóis recém trocados... E tem coisa mais deliciosa do que dormir em lençóis limpos e que foram secos ao sol e voando ao vento???

Cheiro de lenha ardendo no fogão ou na lareira...
Cheiro de verão...
Cheiro de coração!!!

Beijinhos Desambientado...
Te mandei mensagens... Recebeu???

Cris

 
At 10:36, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Obrigadíssima pela correção!!! Embora sabendo-se que são várias ilhas, acaba-se tratando como uma em razão de do hábito... Vivo em uma!!!

Beijinhos para ti!!!
Cris

 
At 13:28, Blogger Tatiana said...

Ah, cheiros...
Seu blog é mágico. Adorei o poema, adorei as imagens.
Quanto aos cheiros, são tantos. Ainda bem!
Abs, Tati

 
At 13:26, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Vim deixar um molho de cenouras frescas para o Coelho, colhidas agorinha mesmo na horta e ainda com cheirinho de terra...

Beijinhos,
Cris

 
At 20:02, Anonymous Vera said...

Lindo seus posts... Amei tudo!

 
At 10:04, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Vim te deixar um beijinho pelo dia internacional dos blogueiros e por ter sido o teu blog, o primeiro que conheci, depois do Nuno, quando ele ainda nem era Janelas da Alma. A pessoa do Nuno eu já conhecia, independente de blog e tu, eu passei a conhecer somente por causa do teu blog, que eu aprecio muito e bem sabes disso. Então vim te agradecer por tua amizade, carinho, atenção, gentileza, elegância e acima de tudo, pelo muito que aprendi nesses meses todos, sempre que venho aqui te visitar.

Um beijinho com meus agradecimentos, de coração!!!

Cris

 
At 12:22, Anonymous Lília said...

Alecrim,
alecrim aos molhos,
por causa de ti
choram os meus olhos.
Ai meu amor,
quem te disse a ti
que a flor do monte
era o alecrim?

O cheiro é um dos sentidos que nos leva a reviver situações a lembrar pessoas conhecidas e lugares visitados.
Há cheiros que nunca esquecem, como por exemplo o cheiro da nossa escola primária. Pode parecer estranho, mas eu voltei à minha escola 20 anos depois e cheirava exactamente da mesma forma... foi tão nostálgico...

Jinhos

 
At 22:37, Blogger alentejodive said...

Desculpem lá, mas desta vez é mesmo só para desejar a todos um óptimo fim-de-semana.

Saudações alentejanas.

 
At 22:58, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Ah!!!

Lendo a Lilia, lembrei...

Alecrim
Alecrim dourado
Que nasceu no campo
Sem ser semeado

Oh! meu amor...

Não lembro mais...
Sniff... Sniff... Sniff...

Vim te agradecer pelo teu comentário e por tuas palavras encorajadoras e amigas!!!

Beijinhos de boa noite e obrigada de coração!!!

Cris

 
At 10:32, Blogger soslayo said...

Desambientado:

Que sejas benvindo à blogosfera depois de uma pequena ausência que espero tenha servido para recompor na sua globalidade alguma coisa que se deseja ardentemente resolvido por todos nós que partilhamos contigo a blogosfera! Dito isto, quero apenas referir que o post está muito bem elaborado e perfumado. Quanto ao perfume que idealizo para uma pessoas seré aquele que o meu olfacto determinar como sendo agradável... Um grande abraço.

 
At 14:45, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Bom domingo pra ti Senhor Coelho!!!
Bom proveito e bom descanso!!!
Beijo,
Cris

 
At 00:52, Blogger APC said...

O aroma que se sente ao entrar numa cabana de madeira (carvalho, talvez...) depois de se abrirem as janelas e esta ser invadida pela brisa verde da floresta de árvores maduras que a envolve. É um misto exótico de tons maduros que se e entranham pela pela e não saem jamais.
É isso...
:-)

Mas carece de confirmação... Depois volto cá!;-)))

 
At 00:55, Blogger APC said...

Peço imensa desculpa pelos vários lapsos do meu comentário anterior (o melhor mesmo é apagá-lo, pf), e ressalvo:

... é o aroma que se sente ao entrar numa cabana de madeira (carvalho, talvez...) depois de se abrirem as janelas e esta ser invadida pela brisa verde da floresta de árvores maduras que a envolve. É um misto exótico de tons maduros que se entranham pela pele e não a abandonam jamais.
É isso... É esse o seu cheiro!

:-)

Mas carece de confirmação... Voltarei cá!;-)))

 
At 21:57, Blogger DIAFRAGMA said...

Se eu quizesse agora associar um perfume a alguém de quem tenho saudades, talvez escolhesse o da Dispensa da minha Avó.

 
At 03:30, Blogger caninos said...

Amigo,

Há pessoas com perfumes caracteristicos...

Antigamente havia um anuncio na televisão duma mulher extremamente bela... que aparecia dizendo...

"Cigarros eu? nao! Eu escolho o meu perfume"...

Não sei se influenciada por isso nunca fumei! Nunca gostei e cheguei a experimentar...

Defacto uma pessoa que fume regularmente, qualquer perfume que coloque na sua pele, o aroma é alterado...

Neste momento associava o odor da madressilva à minha filha mais nova, quando a beijava no pescoço...agora fuma... cheira a madresilva adulterada.

Belissimas fotos. Eu sempre vivi em Lisboa mas tenho um fascinio pelo campo... conheços quase todos os seu aromas.


Um abraço

 

Enviar um comentário

<< Home