Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2006-02-07

O Prémio vai para Pongo pygmaeus em o “Orangotango”

Foi admitido mais um primata no grupo G2, agora denomidado Grupo dos G3, das espécies com cultura no planeta Terra.
Depois dos seres humanos e dos chimpanzés, chegou a vez dos orangotangos (Pongo pygmaeus) integrarem o grupo de animais culturais, por possuírem técnicas e costumes sociais, verificadas nas diferentes regiões que habitam, neste momento, apenas duas ilhas da Indonésia. Este assunto está aqui mais desenvolvido.
A espécie humana, que preside desde sempre ao grupo dos animais culturais, decidiu realizar em simultâneo, nas ilhas Indonésias de Sumatra e Bornéu, onde habitam os Orangotangos, o primeiro certame internacional da cultura orangotanguense, como manifestação de agrado, respeito e reconhecimento dessa cultura.
Nesse certame foram atribuídos vários galardões aos Orangotangos que se destacaram perante as objectivas dos diversos fotógrafos da natureza.

O prémio “Atleta – Acrobata” foi atribuído a Huhuhhu Hu Hu por ter permanecido desde que nasceu, até à actualidade, sempre no cimo das árvores.
Huhuhhu Hu Hu afirma que tal destreza foi conseguida, porque tinha que fugir constantemente dos tigres que andam no solo das selvas de Sumatra, ou dos homens que o perseguiam e que agora são seus aliados.

Huhuhhu Hu Hu espantado na altura de entrega do prémio.

A Presidência do G3 atribuíu no certame, o prémio Smiley, que tem como intenção permiar aqueles Orangotangos que se destacaram na orientação.

Nas provas realizadas entre elementos do recentemente formado grupo G3, o Orangotango foi aquele que melhor se orientou dentro de um labirinto. O prémio foi atribuído a HuHaaaHuuuuu, por ter vencido o homem e o chimpanzé em termos de orientação.


HuHaaaHuuuuu, esboçando um pequeno sorriso para as câmaras na altura da entrega do prémio.

O prémio friends foi atribuído ExeQuo a Huhuhihu e Huhuhihihuhuhu.


Esse prémio visa incentivar a sociabilidade dos orangotangos, já que estes só convivem na época de acasalamento.


Huhuhihu e Huhuhihihuhuhu não esperavam de forma alguma ganhar esse prémio. Chegaram mesmo a afirmar perante as câmaras que havia qualquer coisa de suspeito na atribuição desse galardão, já que não garantiam que ficariam juntos para o resto da sua vida . Viam nessa atribuição, uma tentativa de intromissão da espécie humana, na sua cultura e no modo como manifestavam os seus sentimentos. Afirmaram também não aceitar lições de moral de ninguém. Essa atribuição surgia, segundo Huhuhihu e Huhuhihihuhuhu, numa altura em que os humanos demonstravam não respeitar sequer a sua própria cultura. Bastava olhar para as babaridades que aconteciam na sociedade actual, resultantes de uma simples publicação de Banda Desenhada, para suspeitarmos dessa falta de respeito. Se a espécie humana era incapaz de respeitar as diferenças culturais, na cultura da sua própria espécie, como se atrevia a tentar moralizar costumes da cultura Orangotanguense!?

A presidência do G3, em comunicado de imprensa como resposta a essas provocações, afirmou que esse prémio, quer os Orangotangos quisessem ou não, continuaria a ser atribuído.
O prémio família, foi atribuído à família Hu Huh Hi Hu, pelo exemplo que deram à comunidade compartilhando as tarefas de criar o filho. Refira-se que essa tarefa está quase exclusivamente, a cargo da fêmea.


Este também foi um prémio pouco aplaudido. Alguns dos presentes comentaram que tal galardão também deveria ser atribuído à espécie humana.


Esta foi a foto que permitiu provar que tanto o macho como a fêmea tomavam conta da cria.

Foi atribuída uma menção honrosa, a HuhUHi HaHahaaaaa, por ter inspirado alguns artistas em criações multiculturais-multi-espécie.


A presidência pretende implementar o Prémio Artes nos próximos certames da cultura Orangotanguense.


Não deveria ser uma honra termos mais uma espécie cultural no planeta? Se o é, porque razão se prevê que os Orangotangos estejam extintos daqui a 20 anos?

E esta! Han!!

Ups!!!

Félix Rodrigues

Que faria se fosse você a presidir ao grupo G3? E como resolveremos as nossas próprias diferenças culturais?

Nota- Este post foi sugerido pelo David. As imagens fabulosas de Orangotangos são de infoprimates.com. As outras foram obtidas na net, em sites, que perdi o rasto.

Informo todos os amigos que visitam esta página, que o blog estará sem postes novos nos próximos 15 dias e que também não serão comentadas as vossas mensagens, por impossibilidade de aceder à net. Terei muito gosto em fazê-lo quando regressar.

Links interessantes:

Casamento de Orangotangos num Jardim Zooloógico Em Digitador Blogsome

Feeling Green em As Manas Catatuas

Malásia devolve Orangotangos à Indonésia.

ADN Noventa e Nove por Cento

109 Comments:

At 12:54, Blogger frosado said...

são bem parecidos com a malta, estes nossos antepassados!!!

 
At 14:29, Blogger Paulo J. Ribeiro said...

Bem sei que o tema não é consensual. Por essa razão é que apresento as minhas preocupações sobre o assunto. Optei, desta vez, por deixá-las em comentário, não em post.
Obrigado pela participação!

Paulo J. Ribeiro

 
At 14:33, Blogger Maresia said...

Gostei das fotos... Sempre gostei destes bichinhos!!!
Parabéns mais uma vez pelo blog

 
At 15:18, Blogger Cruzeiro said...

Parabéns pelo post está fantástico.

 
At 15:21, Blogger a lice said...

Gostei do blog, ainda mais pelo facto de ser produto de um meu conterrâneo!
Parabéns!

 
At 16:30, Blogger Ana Isabel Godinho said...

Dr. Félix:
Está fabuloso!
A ironia que utiliza revela um sentido de humor muito próprio e inteligente!Uma ironia bem aplicada, que resulta numa crítica
indefensável à natureza humana!
Ironiza o excesso e o reprovável numa sociedade decadente, onde já não se percebe bem o que ser-se humano e o que é ser-se animal...
Eu apoio os orangotangos...só porque o são... e não pelo querem que eles sejam!
Boa viagem, não se esqueça de trazer uma reportagem fotográfica, onde deverá estar incluida uma foto de uns dos últimos dinossauros ainda vivos! Prometido?

Ana Isabel

 
At 17:14, Blogger Nuno Guronsan said...

O seu sentido crítico consegue sempre a fantástica tarefa de me surpreender. Se tivéssemos mais seres humanos como você, que sabem perfeitamente o que representam ou deviam representar neste pequeno pedaço redondo de rocha, não tenho qualquer dúvida que o mundo seria bem melhor. Até lá, se lermos avidamente as suas palavras e captarmos o sentimento por detrás delas, já estaremos a dar um passo em frente...
Um abraço e até ao seu regresso.

 
At 18:17, Blogger Cristina Mendonça said...

Oh que orangotanguinhos mais lindos!!!
Mais uma vez nos leva a divagar pelo reino da fantasia para depois aterrarmos na triste realidade/actualidade...É preciso mestria e isso é consigo!
Boa Viagem!

 
At 19:35, Anonymous david said...

Desambientado,

Brilhante a forma como é desenvolvido o tema deste post assim como o seu conteúdo, alertando, sem ferir sensibiidades, para um problema de diferenciação cultural, de extinção e de respeito pelos orangotangos.
Foram equacionados problemas estruturantes que nos sensibilizam para o fosso que separa o homem da natureza.
Obrigado por responder ao meu desafio deste modo e por se preocupar em diminuir esse fosso.

 
At 19:38, Blogger Fátima Silva said...

Já cá venho. Ainda não o li, mas sei, apriori, que me esperam umas quantas emoções. Cheira-me a mais um post daqueles...

 
At 20:09, Blogger Maria Costa said...

Irónico, inteligentemente irónico este post.
Até breve.
Beijinhos.

 
At 21:25, Blogger Hanah said...

Maravilhosa exposição de uma cultura, que faz parte da nossa ancestralidade...

O que seria de nós se não fosse a divina sabedoria da mãe natureza....onde todos somos irmãos

 
At 21:54, Blogger Fátima Silva said...

Uma boa lição de moral! O homem possui uma longa e difícil caminhada para se reeducar na relação que estabelece com a natureza. Sejam orangotangos, sejam outras quaisquer espécies que vivam à face do planeta e que ocupam o seu espaço que a natureza lhes atribuiu, não necessitam das nossas referências para nada.
Creio que a influência antropogénica tem sido excessivamente abusiva e se parássemos para pensar um pouco, só haveria espaço para nos sentirmos ridículos.
Somos seres com inteligência funcional superior à das outras espécies, mas não a temos utilizado da melhor maneira, quanto a mim.

Adorei o post,mais um clik para as nossas consciências acordarem.

Boa viagem até... que esses quinze dias de trabalho sirvam também para ganhar novas energias.

 
At 22:01, Blogger vidal said...

Desambientado
Não sei para onde vai, mas certamente irá dar que falar e pensar. Boa viagem! Nós cá ficamos a aguardar o seu regresso.
Cuidado com os encontros imediatos...com os orangotangos. Ontem tive um encontro frontal com um pato que fez um voo rasante e acertou em cheio no vidro do meu automóvel.Ambos sobrevivemos ao choque, apenas o vidro tem de ser substituido.

 
At 23:19, Blogger Paulo J. Ribeiro said...

Não há melhor forma de falar de um problema sério, com humor e inteligência. Está tudo aqui.
Também seria com humor, inteligência e muita tolerância e aceitação que talvez se conseguisse resolver os diferendos culturais.
Quando aos orangotangos, acho que a atribuição do Prémio Smiley ao HuHaaaHuuuuu é injusta. Ele só podia estar feito com o júri.
Salvem os orangotangos, já nos restam poucos parentes.

 
At 23:43, Blogger Bitta said...

Brilhante como sempre... há muita mensagem preciosa escondida entre cada frase irónica ou não!!!
Um post para pensar e ir relendo durante os 15 dias da sua ausência!!!
Que a viagem seja rica, repleta de conhecimentos...

 
At 10:29, Blogger Desambientado said...

Caros amigos.
Ainda vos consigo responder rapidamente a algumas das vossas observações, sendo assim, respoderei a estas primeiras 16, as restantes fá-lo-ei mais tarde.

 
At 10:30, Blogger Desambientado said...

Frosado.
Em expressões e nalguns alpectos culturais, há muitas semelhanças. Não são, como se diz na nossa terra, é "ressabiados".

 
At 10:35, Blogger Desambientado said...

Paulo.

Respondo especialmente ao teu último comentário.
O teu comentário, muito elogioso, também está com muito sentido de humor. Esse humor talves esteja associado às vésperas do Carnaval terceirense.
De facto, o júri sentiu um predilecção especial pela cara do HuHaaaHuuuuu e viu-lhe no rosto um ligeiro sorriso. É discutível....
O post é efectivamente sobre intolerância cultural, que se traduz também, na incapacidade de reconhecermos valores, alguns deles ambientais.
Obrigado pelo comentário.

 
At 10:36, Blogger Desambientado said...

Maresia.

Obrigado pela sua preferência: primeiro pelos orangotangos e depois pelo blog.

É um prazer tê-la por aqui.

 
At 10:37, Blogger Desambientado said...

Cruzeiro.

Obrigado pelo elogio.
É um prazer vê-la marear por aqui.

 
At 10:38, Blogger Desambientado said...

A lice.
Obrigado pela visita. Mais tarde visitarei de certeza o seu blog. Neste momento será dificil.

Volte sempre.

 
At 10:41, Blogger Desambientado said...

Ana Isabel.

Primeiro obrigado pelo elogio, segundo, não consegiria explicar tão bem como tu, as questões que queria levantar com este post. A minha única discordância vai só para o termo "sociedade decadente", eu chamar-lhe-ia "sociedade em vias de humanização".

 
At 10:45, Blogger Desambientado said...

Nuno.

A forma como me elogias, até me faz sentir extra-terrestre. Não sou diferente de ninguém. Vejo o mundo com a mesma qualidade dos que passam por aqui. Entendem-me aqueles que partilham das mesmas preocupações. Uma plavra não faz efeito, se o coração não estiver aberto para a receber.

Muito obrigado pelo seu comentário.

 
At 10:47, Blogger Desambientado said...

Cristina Mendonça.

Mestre será você daqui a dias.

Diz Antóno Gedeão que "sempre que o homem sonha o mundo pula e avança". Não deveremos começar a sonhar?

 
At 10:52, Blogger Desambientado said...

Fátima Silva.

Vou comentar apenas a tua última mensagem.

Pretendia, como diz a Ana Isabel e também como acentuas no teu último comentário abordar as questões da ambiguidade, da incoerência, das situações geradoras de dilemas e da falta de "exemplo". Pretendia levar a pensar as diferenças, pretendia.....não posso dizer tudo, porque como diz a Bitta, há muito que quero dizer nas "entre linhas".

 
At 10:53, Blogger Desambientado said...

Maria do Céu.

As suas poucas palavras são sempre muito densas e tocam-me de modo muito particular.

Obrigado.

 
At 10:54, Blogger Desambientado said...

Hanah.

Quero-lhe agradecer a primeira frase e concordar consigo na segunda.

 
At 10:56, Blogger Desambientado said...

Vidal.

Depois conto-te.
Estás bem? Não houve problemas com ninguém? A tua Laurinha está bem?

Espero não ter encontros desses.

 
At 10:58, Blogger Desambientado said...

Bitta.

Mais uma vez muito simpática.
Pretendia deixar muitos subentendidos em cada frase. Este post é efectivamente sobre as fraquezas da humanidade, entre as quais se encontra a incapacidade de defesa dos orangotangos.

 
At 12:19, Blogger Flor said...

fico sempre surpresa com teus post.
Sempre a aprender aqui!
Obrigada
Beijo Felix

 
At 17:13, Anonymous Cristina Oliveira said...

“E como resolveremos as nossas próprias diferenças culturais”?

“O post é efectivamente sobre intolerância cultural...”

Em algum momento, li isso!!!
Sim... Cultural!!!

Sobre os orangotangos, propriamente ditos, nada poderei dizer. Nada sei tecnicamente, biologicamente ou ecologicamente, mas poderei falar humanamente, da atração que sinto pelos animais de modo geral e por todos os macaquinhos, sendo eles quais forem. São divertidos, irreverentes e instigantes. Possuem um olhar que de tão profundamente inteligente e franco, causa-me vergonha. Vergonha de não ser apta a entender o que eles sabiamente e prontamente, tentam dizer e mostrar. Aprendem conosco - essas criaturas estranhas - as coisas mais sem nexo e ou sentido para uma vida símia e ainda assim, colocam-se sempre dispostos a nos observar e a imitar nossas manias, hábitos e trejeitos...
Tive uma macaquinha vivendo temporariamente em minha casa, a quem passamos a chamar de Chica!!! Uma fêmea da espécie que denominamos de Macaco Prego. Ela foi apreendida pelo órgão federal de proteção ambiental IBAMA e estava sendo readaptada para a vida silvestre, na reserva que fica logo ao lado da minha casa. Sempre há animais silvestres sendo reintegrados à natureza ali e por essa razão, vez ou outra éramos surpreendidos com algum desses nativos das matas, dos ares ou dos mares...
Como sempre tive muitos animais em casa, tomei o cuidado de remover um pequeno quadrado de vidro, dos janelões que fechavam minha varanda voltada para a lagoa e a reserva do outro lado da lâmina dágua e desse modo, meus gatos podiam sair e voltar quando bem desejassem. Nessa mesma varanda, eu mantinha em uma folha grande de bananeira esculpida em madeira e pintada em cores verdadeiras, cheia de frutas desse mesmo material e feitas pelo mesmo artesão. Eu trouxe tudo de uma viagem que fiz à Baía... E aí, volta e meia eu passei a ver minhas preciosas e tão bem feitas frutinhas, jogadas no telhado da varanda do andar de baixo... Lá ia eu sistematicamente apanhar minhas frutas voadoras!!! Gatos não pegam frutas de mesas... E eis que derrepente, me surpreendi vendo então uma macaquinha, de verdade, a tentar comer uma manga de madeira, sentadinha na borda do telhado!!! Linda!!! Rolou e rolou a fruta de um lado para o outro, como que investigando... Deu pequenas mordiscadas, e como nada acontecia, arremessou a fruta para cima do telhado da varanda de baixo... Explicado o mistério!!! A partir daí, passei a servi-lhe frutas de verdade e o fazia em um prato, que cuidadosamente eu colocava próximo do local onde ela costumava ficar e a cada vez que eu ia servir-lhe as frutas, tinha de sair a catar o prato, que estava sempre rolando pelo jardim. E só depois de algum tempo, é que pude entender a razão da torneira estar sempre gotejando e do prato jogado... A Chica, antes de cada refeição, abria a torneira do jardim para lavar as mãos... Lavava, lavava e depois, sentava-se para comer. Feito isso, lavava também o prato, bem lavadinho, mas esse ela deixava depois de limpo, jogado em qualquer canto, para que alguém o encontrasse e voltasse a lhe servir a nova refeição. Volta e meia eu a via a alisar a cabecinha, com alguma coisa que encontrava pelo chão... Um toquinho, uma madeira... Depois de observa-la, entendi que ela usava isso como pente e fazia os gestos como se estivesse se penteando. Nunca experimentei dar a ele um objeto desses.

Isso é verdadeiro e tenho as fotos da Chica lavando as mãos e o prato. Depois de um tempo a admirá-la, chamei os técnicos que a levaram para a nova temporada de reabilitação... Nunca mais soube dela, mas sem dúvida me deixou saudades.

Embora fosse surpreendente vê-la lavar as mãozinhas antes de cada fruta que comia e o seu prato de refeições, também era triste de ver o animalzinho sem identidade... Nem humano e nem macaco!!! Nem casa, nem mata!!! Nem cama, nem galho!!! Embora eu possa entender o quanto é engraçado ver uma animal desses a se comportar como se fosse um de nós, ele não o é e o mesmo não gostaríamos que nos fosse aplicado. A Chica não sabia diferenciar pela textura, cor e aroma, entre uma fruta de madeira e uma de verdade... Era uma macaquinha, com traços de comportamento humano.

Mas eu também já vi humanos, com comportamentos de bichos... Desses, que de tanta miséria e tristeza, não podem mais ser vistos e nem entendidos como gente normal, comum. Tal qual a Chica, também perderam a identidade e não sabem mais se portar... Lamentavelmente, perdemos nossos sentidos mais básicos e elementares. Deixamos de atender uma criança e de educá-la adequadamente para a vida e o respeito obrigatório a ela, feito gente, para ensinarmos uma macaquinha a lavar as mãos, o prato e um pente...

E sobre a intolerância cultural, penso mesmo que o melhor a ser feito, definitivamente, é mantermos “cada macaco no seu galho”!!!

Respeitosamente!!!

As fotos, formas e comparações entre elas, estão divinas!!!
Parabéns uma vez mais e desculpas pelo tamanho da estória da Chica, mas ela foi uma importante figurinha na minha vida!!!

 
At 21:46, Blogger Carmem L Vilanova said...

Olá,
Depois de uns bons dias de gripe intensa, cá estou para ver tuas novidades e saber de ti!
Deixo-te muitos beijinhos, flores e muitos sorrisos!

 
At 22:38, Anonymous soslayo said...

Desambientado, gostei muito das observações dos huahuihuhuhu e já que vais para esses lados estudar os orangotangos, deixo-te uma questão: porquê que não ensinas aos orangotangos de cá a cultura dos de lá? E se encontrares o huhuhuihuihuuhhuuhuuah, dá-lhe um abraço que eu lhe mando. Um grande abraço.

 
At 22:56, Blogger antonior said...

Obrigado pela visita!

Depois de observados os conteúdos do meu espaço, estou certo, de que não constitui surpresa o meu profundo agrado por tudo o que aqui encontrei.

Parabéns!

 
At 23:59, Blogger TF said...

Felix
Muito interessante e criativo como sempre, com aquele toque de humor para falar de coisas sérias bem à tua maneira.
Boa viagem e uma boa estadia onde estiveres neste 15 dias.
Beijinho
Teresa

 
At 13:18, Blogger Jorge Moreira said...

Este post é uma verdadeira caricatura do comportamento humano actual.
Lamentável... irónico!
O Homem o animal mais egocêntrico, mais destruidor da terra.
Nem os dinossauros, monstruosos em tamanho, foram capazes de tanta destruição.
De tanta extinção de espécies.
De tanta ameaça de Seres Vivos!
De tanto "canibalismo" e intolerância.
Predadores no sentido mais negativo da palavra.

Teria vergonha desta humanidade, se fossemos visitados por qualquer outra civilização planetária.
O que pensariam de nós?

Terei pena desta humanidade, se continuar neste rumo…

Grande Abraço,

 
At 14:04, Blogger azoriana said...

E para quando o logótipo do seu blog? Já pensou nisso?

Boa viagem!

Abraço

 
At 14:36, Blogger Desambientado said...

Estres preparativos...cansam.
Para os amigos que não sabem, a viagem é a Cuba, e, não são férias.

 
At 14:41, Blogger Desambientado said...

Não vou conseguir responder-vos agora, especialmente à Cristina Oliveira,Flor,Carmem,Soslayo,Antonior,Teresa Faria, Jorge Moreira e Azoriana. Fá-lo-ei, à noite ou quando regressar.

 
At 19:38, Blogger Jubal Cabral Filho said...

Professor, já não me surpreendo com a beleza tocante e envolvente que usas nas tuas postagens. Prazer maior é ver que seus leitores também ficam ansiosamente esperando a forma com que a novidade a ser postada.
Muitos poderiam dizer "Macacos, me mordam", mas nós diremos "Macacos, que belo"!
Abs.

 
At 20:48, Blogger Ana Isabel Godinho said...

Boa viagem! Apesar de ser uma viagem de trabalho, aproveite para descançar um pouco e não se esqueça das fotos...

Ana Isabel

 
At 00:20, Blogger Ruth Iara said...

Bem interessante e os prêmios se destinaram a orangotangos na selva e não no convívio humano, o que é inusitado. Por outro lado eles parecem não ter apreciado os prêmios.

Alguns orangotangos domesticados aprenderam hábitos humanos em alguns casos e houve uma fêmea que desenvolveu a linguagem por gestos respondendo inclusive a uma intrevista e cuidando de um gatinho de estimação, como muitos devem ter visto.

A cultura destes animais, seja desenvolvida por eles mesmos em seu ambiente ou pela domesticação é incontestável.

Um abraço e felicidades na viagem!

 
At 03:00, Blogger Caiê said...

É como olhara para nós mesmos, mas sobre outra perspectiva... Dá-me ideia que estou a roubar as palavras a uma certa Jane Godall. :)

 
At 08:57, Blogger Jorge Moreira said...

Boa Viagem!

 
At 09:54, Blogger Desambientado said...

Consegui arranjar um tempinho para umas respostas rápidas.

 
At 09:57, Blogger Desambientado said...

Flor.

Muitas vezes somos supreendidos, porque nos queremos deixar supreender.
Obrigado pelo elogio.

Um beijinho.

 
At 10:01, Blogger Desambientado said...

Cristina Oliveira.

Gostei imenso do seu comentário.
Claro que você é sábia.
É sábia para perceber a mensagem, mesmo que não entenda nada de orangotangos.
-É sábia para estudar o comportamento da sua macaquinha e achar que ela não é sua propriedade.

É sábia para perceber que a tolerância cultural está em respeitar o galho do macaco ao lado do nosso.


É sábia para perceber que nós somos por vezes macacos refinados....com uma grande capacidade para a preversidade.

Um beijinho.

 
At 10:02, Blogger Desambientado said...

Carmem.

Muito obrigado pela visita logo após as melhoras. Espero que continue entusiasta como demonstra ser, no seu belo blog.

 
At 10:05, Blogger Desambientado said...

Soslayo.

Está a chamar Huhuhuhhahu ao Fidel? O orangotango desse lado, não é o Jardim? Pois não?

(Esta é quase brincadeira de Carnaval)
Um abraço.

 
At 10:06, Blogger Desambientado said...

Antonior.

Muito obrigado pela visita e pelo comentário elogioso.

Será sempre bem vindo.

 
At 10:07, Blogger Desambientado said...

Teresa.

Obrigado.
Respondi anteriormente onde estava.

Um beijinho.

 
At 10:12, Blogger Desambientado said...

Jorge.

Concordo consigo. O homem consegue ser preverso nalguns dos seus comportamentos. Consegue por vezes dar ideia que está a construir algo de importante, quando no fundo está apenas a ser maquiavélico.
Neste post, o certame da cultura orangotanguense, só interessava(?) ao homem, tentei deixar claro que para o orangotango não tinha qualquer interesse.
Perante um acontecimento que pretende representar uma boa intenção, está, o maquiavelismo da imposição. A ideia que pretendi transmitir é semelhante a organizarmos um festival internacional de cinema, como todo o luxo imaginário, na Somália..lado a lado com a fome. Aaos famintos nada interessaria esse festival...

Obrigado pelo comentário.

 
At 10:15, Blogger Desambientado said...

Azoriana.

Vou pensar em qualquer coisa. Sendo o blog desambientado, talvez faça sentido ter um logotipo diferente para cada post. Assim, acentuará o espírito do "Desambientado", não se acomodar...

Obrigado.

 
At 10:17, Blogger Desambientado said...

os cabral.

Bom regresso.
Gostei imenso do seu trocadilho e da forma tocante como tenta dar um elogio.

Obrigado.
Um abraço.

 
At 10:18, Blogger Desambientado said...

Ana Isabel.

Claro. Vou trazer algumas fotos para compartilhar...

Obrigado.

 
At 10:21, Blogger Desambientado said...

Ruth.

Então,o mar? As águas estão boas?

Quanto ao comentário que faz, parte da discussão que eu levanto está próxima daquela que referi acima na resposta ao Jorge: O homem consegue ser preverso nalguns dos seus comportamentos. Consegue por vezes dar ideia que está a construir algo de importante, quando no fundo está apenas a ser maquiavélico.

Votos de bons banhos.

Um beijinho:

 
At 10:23, Blogger Desambientado said...

Caiê.

Tirou-me as palavras da boca, e a referência, não poderia ser mais adequada.

Um beijinho.

 
At 10:23, Blogger Desambientado said...

Jorge

Obrigado.

 
At 12:03, Anonymous Ofeliazinha said...

Tanto de nós que vejos nestas imagens. Bom fim-de-semana.

 
At 13:31, Blogger Flor said...

Vim deixar o meu bom fim de semana para ti Felix!
Um beijo

 
At 18:54, Blogger Ana Pinheiro said...

Parabéns pelo blog e pelo post...Pura e simplesmente delicioso...voltarei com toda a certeza.
Ah, um pormenor que me chamou a atenção, é a sua delicadeza em responder a todos os visitantes. :)
Parabéns.
Beijo terno e eterno.

 
At 13:49, Blogger Micas said...

Excelente post, como é habitual. Não me lembro como descobri este espaço maravilhoso de onde saio sempre mais rica de cada vez que cá venho, só posso dizer que é um dos poucos blogs que realmente faz a diferença na blogosfera. Bem Haja

 
At 19:46, Blogger alentejodive said...

Muito interessantes, estes animalzinhos. E extremamente parecidos connosco.

Saudações alentejanas.

 
At 19:50, Blogger alentejodive said...

Muito bom este texto.

A parte que mais gostei foi esta:
"Se a espécie humana era incapaz de respeitar as diferenças culturais, na cultura da sua própria espécie, como se atrevia a tentar moralizar costumes da cultura Orangotanguense!?"

Saúde.

 
At 17:25, Blogger frosado said...

Desambientado, se quiseres vai hoje ao google aver como está bonito!

 
At 03:05, Anonymous soslayo said...

Desambientado, então mas eu não sabia que ias para Cuba! E já agora, também tem orangotangos em cuba? Deixa ficar que o Fidel com aquelas barbas, parece o quê?

 
At 18:19, Blogger Carmem L Vilanova said...

Amigo,
Happy Valentine´s Day... Como nao podia deixar de ser, deixei uma pequena mensagem aos meus amigos lá no meu blog, e, claro, esta mensagem é para ti também!
Beijos, flores e muitos sorrisos para ti!

 
At 19:27, Blogger maat said...

Que a viagem seja mesmo uma Viagem.
beijinho,

***maat

 
At 21:22, Blogger Pastor Caturra said...

Por favor, leiam a Bíblia!! Só as palavras do Senhor poderão demover o mal da humanidade!!

 
At 10:05, Blogger Bitta said...

É curioso ver a quantidade de "olhares" diferentes que as tuas palavras causaram... és um verdadeiro desambientado, pois fazes com que as pessoas pensem, e isso é que é importante!!!

Que a tua viagem seja replena de novos conhecimentos!

 
At 19:07, Blogger Zeca said...

Uma vez mais e sem favor algum, antes uma obrigação minha este post está na minha xafarica.

Obrigado e fica bem.

 
At 14:00, Blogger Tat Wam Asi said...

Uma excelente viagem para ti. Cheia de aventuras e aprendizagem.

Abraço

 
At 00:17, Anonymous Amaryllis said...

Adorei esse seu post! Interessante mesmo, além das belas fotos desses nossos parentes tão exóticos e intrigantes.

Abraços e até a sua volta!

 
At 14:30, Blogger Micas said...

Vim à procura de mais novidades, como ainda não há, reli o texto com o mesmo prazer.
Bom domingo

 
At 21:18, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Enfim...

Entre dúvidas e vontades, acebei acontecendo!!!
Terei prazer em te ver por lá!!!
Bom retorno!!!
Beijo

ò,ó

 
At 10:56, Blogger Desambientado said...

Ofeliazinha.

Há muito de nós, nesses comportamentos, o que vem demosntrar que ainda somos, quer queiramos ou não, animais.

Só hoje é possível teomar o blog, mas ainda, lentamente.

Obrigado pelo comentário.

 
At 11:00, Blogger Desambientado said...

Flor.

Obrigado pelos votos de bom fim de semana. Creio que se aplicavam aos dois que estive fora. Resta-me apenas retribuir o mesmo para os seus próximos dois.

 
At 12:15, Blogger Desambientado said...

Ana Pinheiro.


Muito obrigado pelo seu simpético comentário. É um prazer vê-la por aqui.Volte sempre.
Peço desculpa de só agora lhe responder, mas não foi possível fa~zê-lo antes.
Não sei como será no futuro, mas tenho intenção de responder a todos aqueles que comentam neste espaço.

Obrigado pela visita.

 
At 15:41, Blogger Desambientado said...

Olá Micas.

Muito obrigado pelos teus dois comentários, muito simpáticos. É um prazer tê-la como leitora e aproveito para lhe dizer que também gosto muito da sua página e das suas fotos.

Cumprimentos.

 
At 15:50, Blogger Desambientado said...

Alentejodive.

Obrigado pela visita e comentários.
Essa frase que assinala pode ser traduzida rapidamente pelo ditado:

"É mais facil ver o argueiro no olho do outro do que a trave no seu"

Cumprimentos.

 
At 15:54, Blogger Desambientado said...

Fátima (frosado).

Não sei quando deixaste a mensagem. O que acontece é que estive fora e só agora regressei. Vi que o google estava com os Jogos Olímpicos de Inverno.

 
At 16:03, Blogger Desambientado said...

Soslayo.

Não vivem Orangotangos biológicos em Cuba, mas de outro tipo há lá muitos, como em todos os outros lugares, mas em Cuba identificam-se rapidamente...controlam o povo com papel e lápis.

 
At 17:12, Blogger frosado said...

Ora muito bem-vindo! Já sentíamos falta de coisas novas e originais!

 
At 19:22, Blogger Desambientado said...

Carmem.

Obrigado pela lembrança. Só consegui ver agora essa mensagem que penso que foi aqui posta no dia de São Valentim, pois neste dia estava fora, sem internet. Espero que tenha sido um dia muito agradavel para si.

Um beijinho.

 
At 19:27, Blogger Desambientado said...

Maat.

Obrigado.

Acabou por ser mesmo uma viagem, apesar de não ter conseguido embarcar nalgumas ideias.

 
At 19:42, Blogger Cruzeiro said...

O prazer de por aqui marear é meu, o prazer de ler o que aqui é postado é meu...:)

 
At 20:29, Blogger Desambientado said...

Pastor Caturra.

Confesso que não gosto da forma como você se promove, ou inclusivamente a forma errada como usa a religião.
Começa sendo o Caturra da Net, para depois de, operado o milagre, se transformar no Pastor Caturra.
Terei que acreditar que estando você possuído, alguém o exercitou. Quem foi?
Você continua a brincar com os sentimentos e crenças das pessoas.
Nem todos os meios justificam os fins Pastor Caturra.
Não percebo qual o interesse de deixar seis ou sete vezes a mesma mensagem neste blog. Acha que assim, segiremos o seu conselho? Duvido. Você para mim, continua sendo o Caturra da net, que se disfarça de Pastor.....

 
At 20:32, Blogger Desambientado said...

Bitta.

Voltei. Mais desambientado do que nunca e com um pouco menos de tempo. Obrigado pelos teus simpáticos comentários.

 
At 20:38, Blogger Desambientado said...

Zeca

Mais uma vez, obrigado pela preferência.

 
At 20:50, Blogger Desambientado said...

Tat wam asi.

Muito obrigado.

Gostei muito de te ver comentar por aqui.

Um abraço.

 
At 20:58, Blogger Desambientado said...

Amaryllis.

Muito obrigado pelo teu simpático comentário.
Vou tentar postar brevemente, porque leitores assim, obrigam-me a corresponder esforçadamente.

 
At 21:11, Blogger Desambientado said...

Cristina (Lâmina D'Água).

Parabéns pelo blog. Está fantástico. Foi uma óptima decisão. Os pensamentos bonitos e as coisas bonitas que se vêem, devem ser compartilhadas.

Um beijinho.
Gostei muito da supresa.

 
At 21:12, Blogger Desambientado said...

Fátima.


Simpática como sempre. Obrigado pelos entusiásticos votos de boas vindas.

Beijinhos.

 
At 21:20, Blogger Desambientado said...

Cruzeiro.

Muito simpática.

Obrigado.

 
At 21:23, Blogger Gary Freedman said...

Like the orangutan I am fundamentally a loner. The orangutan and I have much in common.

 
At 21:26, Blogger FSilva said...

Boas Vindas!

Também tenho andado um pouco ocupada com viagens e trabalhos, daí a falta de comentários e de postagem.

 
At 21:55, Blogger Desambientado said...

Hi Gary.

All of us, have many thinks in common with orangutans because we are primate to.

 
At 22:00, Blogger Desambientado said...

Olá Fernanda.

Obrigado pelos votos de Bom Regresso.
Pois mesmo assim, consegues ter muitas postagens em 15 dias...Eu efectivamente não tive acesso à internet.

 
At 22:48, Blogger umacoisaemformade_assim said...

1º) vim aqui porque adorei o nome do blog (já não sei onde encontrei o link)
2º) este texto está fantástico! Diria mesmo fanthásticuhuhuhaha
Posso voltar?

 
At 23:27, Blogger Fátima Silva said...

Então Prof. Félix, essa viagem foi mesmo o que estava à espera? Um país onde a voz do povo está controlada e os seus anseios são sistematicamente afogados? E Fidel de Castro não tombou desta vez?Espero que tenha tirado fotografias e que nos traga muitas histórias p'ra contar. Mal posso esperar.
Seja bem-vindo, pois já estávamos com saudades.

 
At 23:41, Blogger maat said...

Ainda bem que chegou.
também tinha saudades.

beijinho,`

***maat

 
At 02:55, Blogger Lâmina d'Água, Silêncio & Escriba said...

Obrigada pela elegância, simpatia, educação e por te mostrares sempre tão presente!!!
Não é só teu blog, que faz bem pra gente...

Obrigada por teres me visitado e respondi a todos os teus recados!!! Vá até lá pra ver...

Beijo de bom retorno Querido Senhor Desambientado!!!

 
At 12:05, Blogger Desambientado said...

Olá Fátima.

Eu não disse nada do que você me pergunta!? Ou disse?

Obrigado por essa calorosa recepção.

 
At 12:12, Blogger Desambientado said...

umacoisaemformade_assim.

Obrigado pela visita. Volte sempre que lhe apetecer será sempre bem recebida.

 
At 12:14, Blogger Desambientado said...

Cristina (Lâmina D'Água)

Obrigado pelo comentário e calorosa recepção. Já tentei entrar de novo no teu blog e não consegui.
Vou tentar de novo.

 
At 12:17, Blogger Desambientado said...

Maat.

Realmente tenho aqui amigos muito calorosos.
Agradeço a calorosa recepção.

 
At 20:37, Blogger fotArte said...

Gostei muito do tema, assim como das imagens. Agradeco as suas visitas e ate a proxima.
beijihos

 
At 22:17, Blogger Desambientado said...

Áurea.

Não tens nada que agradecer. É um prazer ver as suas fotos.

Bom Carnaval.

 

Enviar um comentário

<< Home