Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Anterior Lista Aleatório Junte-se a nós! Próximo

2005-12-24

Einstein Sem Anos – Intemporal – Ou um tempo relativo?


Depois do Natal, inicia-se a corrida para o fim de 2005, altura de reflexão sobre o que foi esse ano que termina.
Para mim, marcou-me o Ano Internacional da Física. Por ter ouvido falar pouco dele, porque apenas foi comemorado nas escolas, porque não foi abordado na comunicação social portuguesa e porque fisicamente foi um ano igual a tantos outros.
Dado o desinteresse dos jovens pela Física, que se acentuou durante a década de 90, o 3.º Congresso Mundial das Sociedades de Física, realizado em Berlim em 15 e 16 de Dezembro de 2000 por ocasião das Comemorações do Centenário da Teoria Quântica, aprovou resoluções destinadas a Aumentar a Compreensão Pública da Física, elevar o Perfil da Física nas Escolas e a Fortalecer as Sociedades de Física. Aprovou também a proposta da Sociedade Europeia de Física – EPS de se iniciarem diligências para que o ano de 2005, centenário do Annus Mirabilis da produção científica de Albert Einstein, fosse declarado o Ano Mundial da Física.
Em 2005, comemorou-se assim, e também, os cem anos da grande produção científica de Einstein.

Sob proposta do Brasil, da França e de Portugal, a Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura – UNESCO, proclamou 2005 como o Ano Internacional da Física.

Não ouvi um discurso que começasse por:
“Portuguesas e Portugueses, é uma honra para nós, deficitários em conhecimentos de Física e Matemática, termos proposto 2005 como o Ano Internacional da Física, porque percebemos que a Teoria da Relatividade de Einstein é tão bela como a Capela Cistina de Miguel Angelo”.

O que ficou então em 2005 de Física e de Einstein?

A comédia e a irreverência em que se transformou o ensino da Física neste País.

O que conhecemos mais sobre o homem?
Este homem era demasiado sisudo. Preferimos o Carnaval e o Samba!?

Ou talvez o boato de que foi a sua esposa, quem elaborou a teoria da Relatividade: tanto a restrita como a generalizada.
Não teremos capacidades intelectuais no País para fazer ciência e comemorar a Física que mal compreendemos?

“Muitas pessoas dizem que é a capacidade intelectual que faz um grande cientista. Estão erradas: é o carácter!” (Albert Einstein).

Félix Rodrigues
Comente o Ano Internacional da Física em Portugal.
Links Interessantes

24 Comments:

At 16:44, Anonymous Anónimo said...

«gravity cannot be held responsible for people falling in love.»
Albert Einstein

 
At 10:57, Blogger Cristina Mendonça said...

Obrigado pela "árvore poética"!
As palavras brotam como se de uma fonte escoressem, embalando nossos corações.
Continuação de umas boas festas e boas entradas!

 
At 12:02, Blogger maat said...

"A ciência encontra mais depressa remédios que respostas"
Rostand, Jean-sublinho.

Obrigada pela visita e gosto.

Também aqui já tinha vindo há pouco tempo ...´sobre a Física e a Matemática ,como é importante olhar o Mindo por estas novas lentes!
Pensar o Tempo, o Espaço, e as relações de tudo isso com o Observador!
Pensar o Não-tempo...

Gostei muito.
Boas Festas e um Ano 2006 na rota da Evolução .


***

 
At 14:25, Blogger Desambientado said...

Anonimous.

No comments.

 
At 14:26, Blogger Desambientado said...

Cristina.

Registei.
Continuação de Boas Festas.

 
At 14:28, Blogger Desambientado said...

Maat.

Muito obrigado pela visita. É uma honra.

Votos de um excelente 2006.

 
At 02:39, Blogger Carolina Venegas said...

hola:
Sólo quería darte las gracias por tu comentario y decirte que tu blog es genial, le diré a mis alumnos que lo visiten.
Chauuuuu

 
At 13:00, Blogger Desambientado said...

Carolina.

Gracias por tu visita y por tu amable comentario.

Que tengas uno bueno 2006.

 
At 21:15, Anonymous Anónimo said...

Segundo consta, mais de 45 mil pessoas visitaram nos últimos dois meses a exposição «À Luz de Einstein», na Fundação Calouste Gulbenkian, ficando a conhecer o trabalho do cientista alemão no Ano Internacional da Física.
Segundo dados da Fundação, 45.007 pessoas estiveram na galeria de exposições temporárias nos dois primeiros meses da exposição, que encerra a 15 de Janeiro.
«À Luz de Einstein» concentra-se no trabalho do físico e nos seus trabalhos de 1905, que lançaram as bases para a Física moderna.
A exposição é um espaço interactivo, onde os visitantes podem fazer experiências, observar fenómenos invulgares e perceber como a Física está presente na vida quotidiana, através de computadores, espelhos, vídeos, diafragmas e outros instrumentos científicos.
Pelos vistos algo se faz em Portugal!?

 
At 23:49, Blogger FSilva said...

Na escola onde trabalho, não me apercebi de qualquer iniciativa, quer a nível local, quer por outra entidade responsável pela educação, no sentido de comemorar algo relacionado com a física ou Einstein.

Fiquei deslumbrada com a "árvore". desambientado é uma caixinha de surpresas.

Feliz 2006 para si e para o blog

 
At 00:28, Blogger Fátima Silva said...

Não sabia, mas fiquei a saber que o ano que termina é o Ano Internacional da Física.
O ano de 2005 fica registado para mim como o ano em que abri os olhos para alguns dos problemas reais do planeta através da viagem que iniciei com o mestrado em Educação Ambiental.

Desejo-lhe um bom final de ano e que 2006 lhe traga muita saúde felicidade e satisfação profissional.

 
At 09:31, Blogger Desambientado said...

Caro anónimo.

45 mil pessoas, corresponde a cerca de 2% da população de Lisboa e a 0,45% da população do País. Apesar de ser um número fabuloso, o de visitantes da exposição da Gulbenkian, não deixa de ser insuficiente à escala regional e nacional.

 
At 09:38, Blogger Desambientado said...

fsilva.

Votos de um bom 2006 também para si.
É um prazer vê-la aqui de novo.

Relativamente ao Ano Internacional da Física, não sei se alguma coisa foi feita a nível das Escolas do Pico. Sei que a Escola Manuel de Arriaga, na Horta, realizou algumas actividades. Creio também que o Projecto "Ondas no Palco" coordenado pela professora Cristina Carvalhinho, fazia parte dessas comemorações, bem como alguns projectos aderentes ao Congresso da Cidadania.

 
At 09:44, Blogger Desambientado said...

Fátima.

Votos de umas boas entradas em 2006, para si e toda a família.
Espero que a viagem iniciada em 2005, chegue a bom porto em 2006.
Quanto ao Ano Internacional da Física, é normal que não tenha ouvido falar dele, pelos vistos, estava distinado apenas a promover a física, na comunidade de físicos portugueses. É pena que uma comemoração deste género tenha esquecido o pré-escolar e o primeiro ciclo. Há um conjunto de experiências de física fascinantes na internet, capazes de despertar o entusiasmo de qualquer aluno desses níveis de ensino, e por aí, incentivá-los a um aprofundamento dos conhecimentos de física.

 
At 11:08, Blogger melena said...

Muito bom, este post acerca da Física, e de Einstein.
Sempre importante neste país pouco "científico" relembrar a importância da ciência.

Quanto ao seu comentário acerca do post Natal, ainda bem que há «muitos interessados, a organizar já uma associação de luta contra a desvalorização humana do Natal».
Se isto não leva uma volta, pelo andar da carruagem, "estamos bem amanhados" como se diz por cá.
Em São Miguel nos meios mais urbanos um consumismo selvagem e nos meios mais rurais um desencanto com o Natal que é dessolador.

Mas as honrosas excepções iluminam e muito o Natal.

 
At 12:27, Blogger Desambientado said...

Caro Emanuel.

Obrigado, pelo elogio.
De facto neste País,temos boas ideias.Fomos nós conjuntamente com o Brasil e a França que propusemos esse Ano Mundial da Física, mas como sempre, na prática, temos dificuldades em concretizar. Quando seremos capazes de associar teoria e prática? Talvez quando formos capazes de valorizar aquilo que temos, ou que tivemos. Tal qual como os valores do Natal!

 
At 16:39, Blogger Cidalia said...

Dr. Félix estou numa de "alergia ao PC" por isso só hoje coloquei-me a par das novidades.

Fiquei radiante com a "árvore" que colocou no meu blog.

Agora, quero deixar aqui um pequeno comentário: um sábio disse "A riqueza de um ser humano mede-se pelos amigos que tem".

A sua fortuna parece ser uma das maiores que eu já tenha visto!

Um bom ano de 2006 para si e para toda a sua família

 
At 16:56, Blogger Desambientado said...

Cidália.

A sua frase é linda e encerra em si um profundo conhecimento.

Obrigado.

Votos de umas boas entradas em 2006

 
At 00:13, Blogger Fátima Silva said...

Sabe, o que mais custa ao viajante é chegar ao destino e lamentar a viagem que acabou de fazer. Espero sinceramente ter melhor sorte, embora sinta muitos receios.

 
At 08:47, Blogger Desambientado said...

Fátima.

Quem lamenta o que conquista, nunca conquista grande coisa. (Até parece uma daquelas frases tiradas de um livro, mas não é).

Nunca deve é duvidar das suas capacidades.

 
At 21:49, Blogger Fernando Martins said...

Caro Dseambientado: vi o seu comentário no meu blog (geopedrados.blogspot.com) e agradeço a atenção. O seu Blog está óptimo - vou referenciá-lo no meu e estar atento a ele...

 
At 10:55, Blogger Desambientado said...

Fernando.
Agradeço a visita e o elogio.

Votos de um excelente 2006.

 
At 10:04, Blogger Ruth Iara said...

Hmrhmmm!

 
At 20:44, Blogger Desambientado said...

Ruth.

Pois é.....

 

Enviar um comentário

<< Home